20 de jun de 2012

O evangelho da prosperidade e a diferença entre querer e necessitar

O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória por Cristo Jesus .Filipenses 4.19,
Observe que neste texto o Apóstolo Paulo usou a palavra necessidade, ele não disse que Deus supriria tudo o que quiséssemos. Pois nos nossos dias há quem pregue que Deus: deve fazer o que queremos e ainda usam a expressão ou dá ou dá encostando "deus" na parede, ou seja o deus destes deixa de ser Deus para ser servo deles, Deus é Deus é nós somos servos. Há muita coisas que queremos e que Deus não nos prometeu dar. Muito do que queremos é somente nossos desejos. Frequentemente nossos familiares tais como: filhos, netos e afins querem muitas coisas na qual eles não tem, mas se estiver ao nosso alcance procuramos realizar, e lhes damos tudo o que necessitam. Não damos tudo, se não haver condições e razão para isto.
E pensando bem, é desta forma que Deus age conosco. Ele não nos dá o que desejamos. ele supre as nossas necessidades. Pois alguns correm o perigo de ter, prejudicar o se próprio ser, com altivez de espírito, que o próprio Deus abomina, por isto ele supre nossas necessidades. Nós  até podemos desejar e acabar entrando em algumas dificuldades e ciladas, mas Deus com sua graça pode nos tirar disto, se nós somente crermos em sua verdade. 


                                                                      Reflexão




Você se lembra de alguma situação que Deus proveu sua necessidade quando as circunstâncias eram terríveis? Tenha um tempo para agradecer a Deus por todas as necessidades supridas. E viva a verdadeira prosperidade de Deus.




                                                 Um forte abraço Pr. Elcio Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário