6 de jan de 2012

Cantores Evangélicos em busca da fama misturam o santo e o profano.

Lamentavelmente vemos o Brasil no mesmo caminho dos EUA, Misturando o santo e o profano, o sagrado e o vil. Em alguns programas seculares tais  como : Raul Gil, Esquenta, Calderão do Hulk entre outros, temos visto alguns intérprete da musica gospel, cantando e contracenando  com bailarinas semi-nuas dançando, será que Deus se agrada disso?
Segundo o IBGE o número de evangélicos protestantes  atinge mais de 30 milhões no Brasil, isto tem chamado a atenção da mídia para este "mercado" onde emissoras, gravadoras e editoras tem procurado investir para terem lucros com isto, será que tem sido benéfico ou maléfico para a comunidade evangélica? observem abaixo alguns que tem se apresentado em tais programas... 



Estamos correndo um sério risco de acontecer como em alguns países pioneiros em evangelização que tornaram-se meros católicos melhorados. Pensem nisso... Deixo claro que não tenho nada contra as emissoras e orgãos que tem investido no nosso seguimento, porém... água e oléo não se misturam, santo e profano também não. Um forte abraço a todos!!! Pr. Elcio Brandão   .... Estão evoluindo ou se reduzindo ao nada da vaidade ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário