15 de abr de 2011

Goleiro Bruno recebeu 150 livros evangélicos do pastor Márcio Valadão

Goleiro Bruno recebeu 150 livros evangélicos do pastor Márcio Valadão
Preso há nove meses ele treina e assiste TV em sua cela no presídio de Contagem MG
Preso desde julho do ano passado o goleiro Bruno, acusado pelo desaparecimento de Eliza Samudio, tem passado os dias no presídio Nelson Hungria, em Contagem (Minas Gerais), treinando futebol, vendo TV, lendo livros evangélicos e a Bíblia.
Bruno recebeu de sua família uma TV de 14 polegadas onde ele assiste a jogos, novelas e cultos religiosos. Ele também recebeu do pastor Márcio Valadão uma Bíblia e 150 livros de diversos temas para ler enquanto continua preso.
Outra forma de se distrair na prisão são os treinos improvisados usando garrafas pet como traves. A noiva de Bruno, Ingrid Oliveira, também levou equipamentos como extensor, bolas e luvas para esses exercícios.
Habeas Corpus negado
No dia 13, quarta-feira, os desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais decidiram, por unanimidade, negar o pedido de habeas corpus para Bruno. O relator do pedido concordou com a juíza do caso e disse que a prisão é responsável para manter a ordem pública e garantir a conveniência da instrução criminal.
Bruno foi acusado de sequestro, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Eliza Samudio, que teve um relacionamento com o goleiro no início de 2009, desapareceu e houve denúncias de que ela teria sido morta no sítio do jogador, em Minas Gerais.
Fonte: Gospel Prime
Com informações UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário