31 de jan de 2011


Missionário brasileiro morre no Timor-Leste

O missionário evangélico brasileiro Edgard Brito (foto), da Assembléia de Deus, morreu , em Díli, capital do Timor-Leste, vítima de uma fatalidade: ele foi atingido no pescoço por um objeto cortante, possivelmente um facão, enquanto passava de carro no local onde havia uma manifestação de gangues de jovens timorenses protestando contra a presença do exército australiano no país. Edgard, que vivia no país há cerca de três anos, estava com a irmã, a também missionária Elisama, que não sofreu nenhuma lesão. O missionário brasileiro foi levado até uma clínica, mas não resisitiu ao ferimento.

O carro do missionário brasileiro foi cercado e atacado por paus e pedras. Segundo informações da embaixada brasileira no Timor-Leste, Edgard insistia em dizer que não era australiano e sim brasileiro, mas não conseguiu evitar que fossem agredidos e sua irmã quase puxada para fora do veículo. Naquele momento um dos manifestantes atacou o missionário na região entre o pescoço e o ombro.

A embaixada brasileira no país garantiu que o corpo de Edgard será transportado ao Brasil, atendendo ao pedido da família que deseja realizar o sepultamento em Minas Gerais.

Aurélio Edgard Gonçalves de Brito, 32 anos, era originário de Belo Horizonte. Ele e a irmã faziam um trabalho social e humanitário junto à população mais carente do Timor-Leste. Edgard é o primeiro estrangeiro a morrer desde que se iniciou a crise político-militar no país, em abril. Até agora, o número oficial de mortos é próximo de 50. Cerca de 2 mil casas foram incendiadas e, no pior momento, 160 mil pessoas abandonaram seus lares para se refugiar em escolas, igrejas e até praças. Edgard vinha trabalhado, com outros missionários brasileiros, junto a esses refugiados.

Oremos pelo missionários no mundo... Pois a obra missionária ela é feita com os joelhos que se dobram... as mãos que contribuem... e os pés que vão...
Preciosa é a vista do Senhor a morte dos seus santos...
Que Deus vos abençõe... com ricas bënçãos... Pr. Elcio Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário