25 de jun de 2012

Apologista afirma que Igreja Templária do intitulado Apóstolo Walter Sandro não é cristã. Cuidado nem tudo que reluz é luz.


Apologista afirma que Igreja Templária não é cristã e que sua doutrina pode causar confusão aos evangélicos


O apologista cristão Johnny Bernardo, do Instituto de Pesquisas Religiosas (INPR) no Brasil, falou recentemente sobre a Igreja Templária de Cristo na Terra (ITCT), afirmando não se tratar de uma igreja cristã, e que por se assemelhar à igreja evangélica, pode confundir os cristãos por pregar doutrina que mistura elementos do Cristianismo com outros princípios de outras religiões.
“Não é uma seita no sentido original do termo (um grupo religioso surgido a partir de um grupo maior), mas um movimento com características contrárias ao cristianismo bíblico. Diria que está um passo além das igrejas neopentecostais – grupos potencialmente passíveis de distorções bíblicas, como, por exemplo, a IURD”, explicou o apologista, explicando que a igreja não pode ser caracterizada como cristã.
A igreja possui um púlpito no formato da Cruz Templária e há figuras de budas, faraós e santos católicos, e segundo Bernardo, nas reuniões, os louvores são inspirados nas igrejas neopentecostais, onde multidões entram em transes espirituais. Os fiéis da igreja seguem uma doutrina com alguns elementos oriundos do cristianismo e são submetidos a regras como não ingerir café, carne ou açúcar.
O líder e fundador da igreja, Walter Sandro, se auto intitula “apóstolo” e revelou à revista Carta Capital ter fundado a igreja por revelações diretas do “Arcanjo Miguel”. Entre os pontos observados pelo apologista, é destacado o fato de que em, suas pregações. Sandro evita falar sobre pecado, pois afirma que Cristo já venceu todos os pecados na cruz.
De acordo com o The Christian Post, o apologista alerta que a falta de experiência bíblica pode levar alguns protestantes a serem enganados pelos ensinos da Igreja Templária e afirma que a presença de elementos do Protestantismo nas reuniões da ITCT é um “chamariz para crentes menos preparados biblicamente”.
“Portanto, concluímos que esse tipo de crença pode causar confusão na população evangélica – em especial novos convertidos e crentes com pouca frequência nas igrejas evangélicas (nominais)”, alerta Johnny Bernardo.     Fonte: Gospel+

              Cuidado nem tudo que reluz é ouro.

                                                         
                                         Siga este blog e será seguido.



Um forte abraço



Pr. Elcio Brandão

2 comentários:

  1. Amigo e irmão Elcio, passei e encontrei o seu blog e fiquei algum tempo a ler algumas coisas, me deixou maravilhado pelo que escreve, e ao ler suas postagens somos edificados. Gostei de poder encontrar alguém que ama Jesus, e pelo que li deu para notar que também ama o próximo. Que Jesus continue a derramar a Sua paz e unção sobre sua vida, deixo um convite se desejar fazer parte de meu blog eu ficaria radiante em ter pessoas assim como meus amigos virtuais, de seguida irei retribuir seguindo também seu blog. Obrigado que o amor de Jesus seja a cada dia consigo e com sua familia. António Batalha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro irmão Antönio, Grato pela sua visita, fico honrado com o seu cometário, com certeza manteremos o contato e nos seguiremos como bons blogueiros, me siga e te seguirei e assim caminharemos unidos... Um forte abraço Pr.Elcio Brandão

      Excluir