13 de abr de 2012

Marina Silva é ordenada pastora da Assembleia de Deus Ex-candidata a presidente era missionária e agora é pastora



A Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), realizada entre 15 e 19 de janeiro de 2001 em Brasília, decidiu não aceitar pastoras. Mais de dez anos depois, em outubro de 2011, a Convenção das Assembleias de Deus no Distrito Federal (CEADDIF), durante Assembleia Geral Ordinária aprovou a ordenação de pastoras. A proposta foi aprovada, depois de muito debate, por 70% da assembleia composta com 1,5 mil correligionários.
Para lideranças denominacionais, esta foi a última etapa para que haja o reconhecido nacional. Afinal, outras convenções como a de Madureira já ordenam mulheres, sendo a mais famosa a cantora Cassiane. A decisão do assembleianos do Distrito Federal aumentou a pressão na entidade para homologação das pastoras dentro da AD.
O pastor Sóstenes Apolos da Silva, presidente da Convenção das Assembleias de Deus no Distrito Federal, afirmou reconhecer o ministério pastoral das mulheres. Em entrevista ao site CREIO, o pastor comemorou o avanço e lamentou que algumas entidades ainda cultivem o que chama de ‘heranças machistas’.
“Que desculpa daria para não ordenar mulheres? Temos que fugir desta herança machista que temos que é resquício do catolicismo romano. A Assembleia de Deus em outros lugares como Estados Unidos, Europa, tem pastoras e até bispas em seus quadros. Vamos dar respaldo a estas mulheres que trabalham que fazem de fato e não por direito”, afirma.
Ele presidiu recentemente uma solenidade onde foram ordenadas pastoras e evangelistas assembleianas. O destaque foi a inclusão da ex-ministra do Meio Ambiente e ex-candidata à presidência da República pelo PV, Marina Silva. Marina já havia sido consagrada como missionária das Assembleias de Deus em 2010 e agora é pastora.
Mesmo estando atualmente sem partido, Marina é vista por muitos como uma forte candidata para a eleição de 2014. Os críticos acreditam que isso não passa de uma estratégia do pastor Sóstenes para chamar atenção sobre o assunto. Muitos defendem que Marina tem o mesmo direito que qualquer outra pessoa dentro da Convenção.
A CEADDIF é filiada a CGADB, que não tem em seus quadros mulheres como membros e até o momento não se manifestou sobre o assunto. A dúvida agora é se a CGADB homologará a ordenação dessas pastoras.


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/marina-silva-e-ordenada-pastora-da-assembleia-de-deus/#ixzz1rxtEONSJ



Comentários do site www.creio


Pastor Edson 
Meu amigo se disermos que naquele tempo abriremos um porta muito grande para eresias. na pinha opinião não encontrei respaldo biblico para Pastoteio femenino. agora so porque temos uma presidenta temos que ter Pastoras não entendi isto pois a responsabilidade de uma e outra e totalmente adiversa Presidente e colocado ali pelos homens Pastor(a) tem que ser chamados por Deus e não porque alguem resolve que o mundo agora não e machista ou feminista .






Silva Onde se encontra respaldo para o ministerio pastoral feminino na BÍBLIA? Favor informar me, não historicamente, mas biblicamente...





Pastora Oriana Barros
Na Bíblia Sagrada está escrito assim: "Antes que viesse esta fé, estávamos sob a custódia da lei, nela encerrados, até que a fé que haveria de vir fosse revelada. Assim, a lei foi o nosso tutor até Cristo, para que fôssemos justificados pela fé. Agora, porém, tendo chegado a fé, já não estamos mais sob o controle do tutor. Todos vocês são filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus, pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram. Não há judeu nem grego, escravo nem livre, homem nem mulher; pois todos são um em Cristo Jesus. E, se vocês são de Cristo, são descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa".(Gálatas 3:23-29); e ainda: "E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.(Efésios 4:11-13). O próprio Jesus declarou: ""Tenho ainda muito que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora. Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir, e lhes anunciará o que está por vir.(João 16:12-13)

Portanto, a chamada ministerial não se distingue por sexo, e sim, pela aptidão dada por Deus à pessoa para determinado fim. Muitos são consagrados pastores, mas não tem a aptidão dada por Deus para cuidar das ovelhas do Senhor, e as dispersam! Muitos acham que por terem feito um "curso teológico" e saberem muito a Palavra estão aptos para serem pastores, mas estão terrivelmente enganados; e por isso vemos tantas coisas erradas acontecendo em ministérios hoje, e pessoas se desviando do congregar, pela insensatez de certos indivíduos que estão a frente de igrejas, se intitulando "pastores", sem no entanto, fazerem o trabalho devido e se comportarem de maneira digna (digo isso tanto com relação aos homens como com relação às mulheres).

Cumprir a chamada pastoral, de bispado ou presbiterial (as três palavras denominam a mesma função), é isso: "É preciso que o presbítero seja irrepreensível, marido de uma só mulher, e tenha filhos crentes que não sejam acusados de libertinagem ou de insubmissão. Por ser encarregado da obra de Deus, é necessário que o bispo seja irrepreensível: não orgulhoso, não briguento, não apegado ao vinho, não violento, nem ávido por lucro desonesto. É preciso, porém, que ele seja hospitaleiro, amigo do bem, sensato, justo, consagrado, tenha domínio próprio e apegue-se firmemente à mensagem fiel, da maneira como foi ensinada, para que seja capaz de encorajar outros pela sã doutrina e de refutar os que se opõem a ela". (Tito 1:6-9); e também: "É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, sóbrio, prudente, respeitável, hospitaleiro e apto para ensinar; não deve ser apegado ao vinho, nem violento, mas sim amável, pacífico e não apegado ao dinheiro. Ele deve governar bem sua própria família, tendo os filhos sujeitos a ele, com toda a dignidade. Pois, se alguém não sabe governar sua própria família, como poderá cuidar da igreja de Deus? Não pode ser recém-convertido, para que não se ensoberbeça e caia na mesma condenação em que caiu o diabo. Também deve ter boa reputação perante os de fora, para que não caia em descrédito nem na cilada do diabo".(1 Timóteo 3:2-7)

Só lembrando que estas admoestações foram escritas levando em consideração o sexo masculino, porque na época em que a Bíblia foi escrita as mulheres não tinham direitos reconhecidos por lei como têm hoje, como os de exercer cargos políticos (temos uma "presidenta" no Brasil!), estudar e votar, por exemplo. Os erros e enganos acontecem porque não se conhece as Escrituras (isso inclui interpretação errada!) e nem o poder de Deus!(Mt22:29)






Rodrigo AzevedoGomes
Não tem respaldo biblico para consagração de pastora, está equivocado pr Sostenes Apólo.






Marcos
O não consagrar mulheres ao pastorado nada tem a ver com o "machismo resquicio do catolicismo romano" e sim com a Biblia Sagrada a palavra de Deus que nenhum texto da respaldo a isto.










Dr.Yossef 
Onde chegamos!
José Pinto de Menezes, Alcebiades P.Vasconcelos, Estevam Angelo de Souza, Josias Cameloda Silva, Rodrigo Santana, Paulo Leivas Macalão, Cícero Canuto de Lima,Emiliano Ferreira da Costa, Rodrigo Santana, José do Rego, Sebastião (Pr. Bastos de Fortaleza) Nils Taranger, José Pimentel de Carvalho, e outros inúmeros desbravadores, devam estar se revolvendo em seus túmulos, diante de fatos como estes ora adotados como postura eclesiásticas por parte dos "reformadores" da AD no Brasil.
Vcs. ferem, escarram, pisam, tripudiam e jogam na lama a Biblia, diante das inovações de hoje.
Nada contra as mulheres terem uma substancial participação no ministério, todavia ordenação não está previsto em lugar nenhum da Biblia. Cada um tem um papel definido dentro do projeto de D´us. Diaconisas, Missionárias, auxiliares, tudo bem, todavia nada mais do que isto, pois o que disto passa e inovação do homem, e anomalia espitirual e ministerial.
D´us não vai deixar de usar as mulheres por conta disto, todavia, repito, cada um dentro do do seu espaço e nada de invassão ao espaço alheio.
Hoje´são Pastoras, e amanhã serão o que mais?
Não imponham vossas mãos de maneira precipitada!!!!
No Amor do Eterno.






Claudiomar Não sou machista segundo afirma o Pr. Sostenes Apolo, mas nesse quesito, concordo plenamente com o irmão Rodrigo Azevedo Gomes; ou seja, o homem quer mudar a palavra de Deus, é fácil entender! NÃO TEM BASE BÍBLICA! para ordenação de mulheres á Pastoras.






Claudiomar
Concordo em as irmãs liderarem: grupo de senhoras, circulos de oração, corais, conjuntos, grupo familiar, grupo da terceira... MÁS, Consagradas há serem pastoras, NÃO! Concordo plenamente com o irmão Rodrigo A. Gomes. NÃO tem base bíblica! Tão querendo mudar a Palavra de Deus?





Davi Borges
isso é um grande avanço.... espero que outras entidades e convenções aprovem a ordenação de pastoras para glória de Deus. Ah quem diga que não respaldo bíblico, mas isso é mais uma manifestação machista, então nem conta!






WALDECIR ANACLETO Não sou assembleiano, mas sim amigo de alguns pastores das Assembleias de Deus, verdadeiros servos do Senhor.
A questão é polemica, e deve ser tratado com muito cuidado, sem esses chavões "machismo" "feminismo" em fim.
Se for atras da tal evolução, daqui a pouco teremos de aceitar como membros e depois consagrar pessoas de qualquer orientação sexual etc.
não deve ser consagrada mulher, somente por ser mulher, a coisa viraria bagunça.
Já pensou se ela se diz chamada para o miisterio e o marido não, ela passa a ser cabeça, não tem desculpas.
eu seria a favor mesmo assim com muita cautela, de se consagrar o casal(marido e esposa) que se sintam chamados e comprovados pelos frutos para o ministério e nao apenas mulheres.
Temos visto cada coisa em nome das profetizas, principalmente as solteiras, que saem por ai, dando cada profetadas, imagina se impuserem as mãos e derem a elas titulos ou oficios pastorais?
Mas parece que a coisa é irreversivel, tudo que a sociedade grita lá fora, logo ecoa no interior das igrejas.
Dr. Anacleto.






Pr Asnan Oliveira
Aonde nao tem Homem macho muito menos Homem de Deus, o que resta e consagra Mulheres,,,Parabens Pr sotenes depois quando nao tiver mulher consagre alguns viados que devem ter bastante ai em Brasilia..,,,,,,,,






Claudiomar
Concordo plenamente com o Sr. Dr. Yossef, onde já se viu ordenanças de mulheres ao pastorado! isso é antibíblico! não tem respaldo nenhum na Palavra de Deus! Eu fico com a Bíblia!!!






Claudiomar Muito bem colocada á sua frase Dr. Anacleto: "Tudo o que a sociedade grita lá fora, logo ecoa no interior das igrejas" . A Palavra de Deus é imutável, querem arrumar o tal de jeitinho brasileiro até nas coisas de Deus? que é isso? se a Bíblia diz que é só homem! é só homem e pronto; ponto final! a Bíblia fala por si só. NÃO há respaldo bíblico sobre esse quesito para o sexo feminino.






Pastora Oriana As coisas da bíblia se adaptam, pois as culturas são diferentes em cada tempo e em cada região do planeta, ou então, qual o respaldo bíblico para mulheres liderarem trabalhos, ensinarem, cantarem, ou até mesmo "falarem" dentro de denominações hoje? Vejamos o que diz a Bíblia: Como em todas as congregações dos santos, permaneçam as mulheres em silêncio nas igrejas, pois não lhes é permitido falar; antes permaneçam em submissão, como diz a lei. Se quiserem aprender alguma coisa, que perguntem a seus maridos em casa; pois é vergonhoso uma mulher falar na igreja. Acaso a palavra de Deus originou-se entre vocês? São vocês o único povo que ela alcançou? (1Co14:33-36) - A mulher deve aprender em silêncio, com toda a sujeição. Não permito que a mulher ensine, nem que tenha autoridade sobre o homem. Esteja, porém, em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, e depois Eva. E Adão não foi enganado, mas sim a mulher, que, tendo sido enganada, tornou-se transgressora. Entretanto, a mulher será salva dando à luz filhos — se elas permanecerem na fé, no amor e na santidade, com bom senso. (1Tm2:11-15)

Devemos ter cuidado com o que dizemos, para não cairmos em um tremendo engano! - Todo o conteúdo da Bíblia não é Palavra de Deus, mas a Bíblia "contém a Palavra de Deus" enquadrada dentro de contextos adequados aos da época em que Deus falou através daquelas pessoas, e precisa ser interpretada corretamente, com sabedoria, segundo o tempo e a cultura em que estamos, e segundo o Amor de Deus. Ser pastor não é ser "administrador de empresas, nem dono de nada", pois as ovelhas são de Jesus - é Ele quem chama ao serviço! A maioria dos comentários aqui soam como se pastores fossem chamados a serem a segunda pessoa de Deus, ou donos de alguma coisa, ou tivessem um "poderio" especial. Ser pastor é um serviço que deve ser realizado para o bem da igreja, e é uma função não mais digna do que a do sevente que faz a fachina da igreja - Deus não faz acepção de pessoas; pastorear não é ser muito importante ou famoso, nem exercer um "cargo alto" de um trabalho secular - é cuidar de vidas, é aconselhar, é rir e chorar junto, é admoestar o que está indo pelo caminho errado, é dar bom exemplo, orar com misericórdia por todos, e assim por diante - portanto, estas tarefas podem ser bem realizadas tanto por homens como por mulheres. Cuidado com o que dizem, cuidado com o orgulho e a tradição religiosa!






brumadense
Raquel foi pastor de ovelhas, animais, e não de pessoas. É incrível como tem gente que não entende a Bíblia e depois falam que não sabemos interpretar.
O apostolo Paulo disse:

1 Corintios 14.34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.

Temos que seguir o que manda a Bíblia, os ensinamentos dos 12 apóstolos.






Claudiomar
Nayara a questão não é ser filho ou filha, e sim o que cabe ao homem, e não a mulher. Ou seja, a Bíblia é clara, fala de pastores e não pastoras. Se fosse ministério para mulheres, a bíblia também diria pastoras.





Carmen
Sra. Oriana Barros, sua justificativa não justifica nada. O que estamos querendo e saber dentro da bíblia algo que nos de respaldo para cansagração a autoridade de uma igreja na função de Pastora para mulheres. Sabemos que quando aceitamos Cristo como nosso salvador, nos é dado o atributo de proclamar o reino de Deus e fazer discípulo de Cristo, cuidando um do outro, isto é apascentar atributo para todos que fazem parte do reino de Deus, mas pelo que entendo, autoridade sobre a Igreja de Cristo para responder diante de Deus, Jesus Deu ao homem, se alguns não são fieis é problema deles. Portanto, é bom rever seus valores para não ficar confusa e não confundir outras pessoas menos informada da bíblia. Deus que tenha misericórdia de nós.







PR.Chamizo.

Quem o consagrou para Pastor esta interessado em algo pois um ninisterio sério não consagra ninguém pelos seus olhos ou Seu DIZIMO>

LIGIA SE MULHER DE PASTOR NÃO SIGNIFICA QUE ELA TEM QUE SER TITULO NÃO LEVA NINGUÉM PARA O CEÚ. TEM QUE HAVER UNÇÃO E NÃO TITULO.



Pastor Gesiel Oliveira é Pastor Vice-presidente da Assembléia de Deus Zona Norte de Macapá (82 congregações), Bacharel em Direito, Geógrafo, Teólogo e Prof de Direito Penal e Processo Penal em Faculdades e Oficial de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá O SENHOR JÁ LEU MUITO A BIBLIA!!! QUE TAL VERMOS A BIBLIA COMO ESCRITURA SAGRADA E NÃO COMO CODIGO PENAL NO MUNDO EM QUE VIVEMOS PODE-SE MUITAS COISAS EX: CASAMENTO ESTAVÉL MULHER OU HOMEM TEM DIREITOS IGUAIS BASTA APÉNAS COMPROVAR E PORQUE OS PASTORES LIBERAIS NÃO BATIZAM ??? A JUSTIÇA NÃO RECONHECE??? ENTÃO E CRIME DE DISCRIMINAÇÃO. VEJAMOS: I Timóteo 2:11-12 proclama: “A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.” Na igreja, Deus designa papéis diferentes a homens e mulheres. Isto é resultado da forma como a humanidade foi criada (I Timóteo 2:13) e da forma pela qual o pecado entrou no mundo (II Timóteo 2:14). Deus, através do que escreveu o Apóstolo Paulo, estabelece que as mulheres não sirvam em papéis de autoridade em ensino espiritual acima dos homens. Isto impede as mulheres de servirem como pastoras, o que definitivamente inclui pregar a homens, ensinar a homens e ter autoridade espiritual sobre eles.
Na carta universal do Apóstolo Tiago 4.4, a palavra do Senhor lembra: Não sabeis vós que aamizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que se fizer amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.
Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.
Mateus 12.20, Ele afirmou: Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha, POIS É MUITOS ESTÃO ESPALHANDO UM MONTE DE HERESIAS ESTUDAM TANTO QUE COMETEM ........
VEJAM PASTORA RAQUEL ERA PASTORA DE OVELHAS ANIMAIS E NÃO DE UMA CONGREGAÇÃO. FUIIIIIIIIIIIIIIIII






Nayara
Nossa, é incrivel como pode existir pessoas que se dizem pastor, com uma opinião tão pequena,machista...mesquinha.
Olha não tenho nada a ver com isso,mas fiquei curiosa...pensei q para Deus somos todos iguais homem, mulheres,somos filhos Dele...afinal Deus NÃO faz acepção de pessoas ou pra vcs faz?
E inacreditavel que exista essas picuinhas dentro das igrejas,e pior vem dos proprios lideres.
Isso é lamentavel!






RENATO 
O mundo tem fascinado muitas pessoas, com altos cargos e muito poder, que são delegados pelo mundo, Sempre o mundo nos cobra que para sermos alguém diante dele temos que ser rotulados, Mas a Bíblia diz que o menor na casa de Deus será o Maior diante dele, porque então eu haveria de requerer algo aqui, somente para me mostrar ou alimentar meu ego, eu vejo muitos que fazem a vontade de Deus sem cargo nenhum, mas sim por amor ao nosso SENHOR JESUS CRISTO, se olhamos para ele, por que não fazemos igual, nos tornando exemplo como ele foi, muito se busca na bíblia a justificação de tal assunto, parem um pouco e olhem somente para o exemplo do autor e consumador da nossa Fe, por acaso teve ele (JESUS), requerido algum cargo enquanto esteve aqui, não ele só se preocupou em fazer a vontade de Deus sem olhar para si próprio, se queremos tanto fazer igual, porque ficamos olhando para estas coisa, e nos desviamos da vontade de Deus. Não e o cargo que vai nos justificar e sim o que você faz diante de Deus para o seu Reino. Se o cargo e tão importante para você, seja Mulher ou Homem, será que você esta na vontade de Deus. Reflita nisto e reconsidere sua posição, somos chamados para trabalhar pelo Reino. A Bíblia Diz, Buscai primeiro o reino de Deus e a sua Justiça, e o demais ele nos acrescenta, diante desta palavra eu vos digo deixe que Deus te exaltara no tempo certo, Não te preocupes com cargo e trabalhem para o crescimento do Reino de Deus.






Gisele Ribeiro
Faço minhas as palavras do Dr. Yossef e com o Claudiomar: não há em toda a Bíblia base para tal. Sou servo de Deus há mais de 25 anos e não vi nada escrito a respeito. O partoreio das almas deve ser ordenado pelo Senhor e não pelos homens e isso deve ser feito, como mostra a Palavra de Deus, por ministros e não por mulheres. Temos outras atribuições, tão importantes quanto partorear. Qua cada um assuma o seu papel no Reino de Deus.






Missionária Maria
LAMENTÁVEL HOMENS QUE E DIZEM SERVOS DO SENHOR TEREM A MENTE TÃO CAUTERIZADA! POR ISSO QUE O SENHOR DISE QUE O SEU POVO PECAVA POR FALTAR CONHECIMENTO. ESTUDEM MAIS A BÍBLIA, HOMENS E ACORDEM PRA VIDA! PARABÉNS, PASTORA NAIARA. DEUS TE ILUMINE E TE FORTALEÇA! A PAZ!






ZILDO
INFELIZMENTE AS DISCUSSÕES DENTRO DA IGREJA SÃO ESSAS. AS INSTITUIÇÕES HUMANAS SÃO ASSIM MESMO, SEUS ARTIGOS PODEM SER ALTERADOS QUANDO QUISEREM E COMO QUISEREM, BASTA APENAS NÃO ESTÁ MAIS ATENDENDO O DESEJO DE ALGUÉM. MAS, HÁ A PALAVRA DE DEUS, ÚNICA, PURA, IMUTÁVEL, QUE NOS GUARDA DE TODA A GANA HUMANA. RESTA-NOS ORAR PARA QUE DEUS ILUME AS MENTES DOS HOMENS E NÃO NOS DEIXE A MERCÊ DE HOMENS OPORTUNISTAS, QUE BARGANHAM PARA PODER COLHER MAI$. AS MULHERES EXERCEM PAPEL FUNDAMENTAL NOS VÁRIOS MINISTÉRIOS DENTRO DA IGREJA. ORDENAR PASTORAS SÓ PARA DÁ-LHES TÍTULOS. MUITAS DESSAS "PASTORAS" NEM FIXAM PARA SI UM CAMPO, MAS VIVEM PELO MUNDO VIAJANDO, SUPOSTAMENTE DIFUNDINDO A PALAVRA DE DEUS. OREMOS PELA IGREJA EM NOSSO PAÍS.






Claudio
O maior exemplo de amor, nos deu Deus, enviando seu Filho para nos guiarmos como exemplo de um Bom Pastor, se não teria enviado uma Filha.
Seria também Sara a mãe da Fé e não Abrão o Pai. Ao invés de Noé, seria Noela, Elisangela no lugar do profeta Elias, etc.
Se estas "pastoras" estão querendo mesmo ser um exemplo, então esta bem!
Precisam de pastoras, no Iraque, Indonésia, e até em aparecida do Norte, podem ir!!!! Não vi nenhuma lá! Pastores sim!!! é coisa para MACHO, palavra criado por Deus, pois Deus criou Macho e femea, não femea e MACHO.






Missionária Maria
LAMENTÁVEL HOMENS QUE E DIZEM SERVOS DO SENHOR TEREM A MENTE TÃO CAUTERIZADA! POR ISSO QUE O SENHOR DISE QUE O SEU POVO PECAVA POR FALTAR CONHECIMENTO. ESTUDEM MAIS A BÍBLIA, HOMENS E ACORDEM PRA VIDA! PARABÉNS, PASTORA. DEUS TE ILUMINE E TE FORTALEÇA! A PAZ!






José Normando Gonçalves Meira
O uso do termo "conservadorismo" ~´e pejorativo? Qual o sentido atribuído ao termo nessa matéria? "Conservadorismo" foi usado aqui como algo ultrapassado, retrógrado ou como a "conservação" do ensino bíblico? Se os cristãos "conservadores" ensinam que a Bíblia é a ´sua única regra de fé e de prática, por questão de coer~encia, não deveriam observar se há base bíblica para o presbiterato (ministério pastoral) femnino? Qual a fundam,entação bíblica para se ordenar presbíteras ou pastoras? Quando o pastor citado refere-se a posturas "machistas" ele está sendo preconceituoso e superficial em termos exegéticos e hermenêuticos. Não aceitar a ordenação feminia não é uma questão de "machismo" é sim uma questão do pricípio dos papéis estabelecidos por Deus desde a criação. A Bíblia é machista? De jeito nenhum. Ao contrário, ela valoriza a mulhner. Vemos isso desde o AT quando o divórcio foi intituído para disciplinar a questão do repúdio "por quelquer motivo". Há vasta orientação no NT que elimina o machismo. Entretanto, o homem foi criado para ser o cabeça, responsável pela liderança amorosa e a mulher como auxiliadora idônea. Paulo até permite que a mulher ore e profetize na Igreja, mas "com a cabeça coberta", isto é, sob autoridade. Esse é o princípio bíblico e, çportanto permanente. Essa deciosãop da AD é uma lamentável evidência de secularização. Isto sim. "Avanço sim", mas em relação à apostasia.






José Normando Gonçalves Meira
O uso do termo "conservadorismo" ~´e pejorativo? Qual o sentido atribuído ao termo nessa matéria? "Conservadorismo" foi usado aqui como algo ultrapassado, retrógrado ou como a "conservação" do ensino bíblico? Se os cristãos "conservadores" ensinam que a Bíblia é a ´sua única regra de fé e de prática, por questão de coer~encia, não deveriam observar se há base bíblica para o presbiterato (ministério pastoral) femnino? Qual a fundam,entação bíblica para se ordenar presbíteras ou pastoras? Quando o pastor citado refere-se a posturas "machistas" ele está sendo preconceituoso e superficial em termos exegéticos e hermenêuticos. Não aceitar a ordenação feminia não é uma questão de "machismo" é sim uma questão do pricípio dos papéis estabelecidos por Deus desde a criação. A Bíblia é machista? De jeito nenhum. Ao contrário, ela valoriza a mulhner. Vemos isso desde o AT quando o divórcio foi intituído para disciplinar a questão do repúdio "por quelquer motivo". Há vasta orientação no NT que elimina o machismo. Entretanto, o homem foi criado para ser o cabeça, responsável pela liderança amorosa e a mulher como auxiliadora idônea. Paulo até permite que a mulher ore e profetize na Igreja, mas "com a cabeça coberta", isto é, sob autoridade. Esse é o princípio bíblico e, çportanto permanente. Essa deciosãop da AD é uma lamentável evidência de secularização. Isto sim. "Avanço sim", mas em relação à apostasia.






José Normando Gonçalves Meira
Nayara, só um esclarecimento: Diante de Deus homens e mulheres são essencialmente iguais. Vemos isso em Gênesis 1.27, quando "homem e mulher" são criados à imagem e semelhança de Deus. O homem não é nem maior nem menor que a mulher. Quanto aos papéis sociais, na família, na igreja e na sociedade em geral,aí vemos uma distinção. A mulher foi criada para ser protegida, amada, cuidada pelo homem. Esta, pos sua vez, foi criada para ser uma auxiliadora idônea. Foi a entrada do pecado no mundo que fez com que essa disputa se instalasse. Não fgosse o pecado, todos nós, homens e mulheres, cumpriríamos os nossos papéis com alegria e dedicação. Lembrando que o papel do homem é até mais pesado, imagine, a ordem bíblica é que amemos a nossa esposa como Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela. Devo dar a miha vida por minha esposa. Só a misericórdia de Deus pode me dar essa condição! Tenho o dever de defendê-la, proteg~e-la em todos os aspectos. Por outro lado, ela tem o dever de ser um suporte para as minhas ações, me respeitar e animar em tudo. O pecado é que gera a dificuldade de cumprimos os nossos papeis. Na igreja as irmãs são fundamentais como verdadeiras auxiliadoreas, piedosas, sensíveis, suportes para a liderança masculna que deve proteger a igreja dos lobos vorazes que procuram atacar o rebanho. Que Deus mantenha a sua igreja fiel!






Edicarlos Pereira
Bom dia a todos e a Paz se e que existe Paz PORQUE DIGO SE EXISTE PAZ. Bíblia diz congregai vos em harmonia em um só corpo que e o de Cristo,nessa disposição vejo tanta blasfêmia que e por essa e outras que os pu-pitos estão cheio de pecadores e um dia como diz a palavra qual a caia que ti caiaram ,isso significantemente que essa posição retro gota e machista sim donos de sua propiá autoridade,aonde por anos levaram o evangelho a seu pro pios preceitos e costumes ,tudo isso para prender as ovelhas como se fosse suas priopiedades e nao ovelhas de Cristo,alguns dizem minha igreja hahaha,prepara um grande caixao pois levara a igreja?????consegue em sua partida e ate tem um doutor ai que disse que os Pastores estão revolvendo nos túmulos,e isso e conversa fiada e essa.muitos pastores viram ai uma oportunidade de prender as pessoas em seus lugares no banco ,mas nosso Deus não pede e sim manda ide pregai o evangelho,e el não disse vá só os homens os machão e que podem pregar o evangelho.
pare irmãos vamos ser conscientes e assumir nossos erros como atrasados do evangelho ,e a sim tenho uma pergunta a esse irmão,quantas visitas vocês tem feito só em nome do evangelho,visitas a Hospitais ,cadeias, debaixo de Pontes ,jovens se drogando e morrendo por voçes querem ser altoridade, a sim e quem e quea sim descula quando dixem que a presidente foi consagrada pelos gomes mas pastores a sim esse foi por Deus e de forma esses pastores foram consagrados s DESCULPA SENHORES , SIM DEUS DESCEU NA TERRA E EXATAMENTE EM SUA IGREJA AI PAR TE CONSAGRAR,QUE HIPOCRISIA ESSA.BEM ENFINS E BOM ACOSTUMAR COM ESSA IDEIA OU QUEIRA OU NÃO EU COMO HOMEM RECONHEÇO QUE AS MULHERES SÃO UMA BENÇÃO E EM BREVE VAI NOS AJUDAR A COMANDAR AS IGREJAS QUE DE VERDADE SÃO DE CRISTO senhor de sabedoria a esse homens lança fora esse galho secos e abra os braços e pesa uma conversão as Deus ,Paz






Humberto Batista
Meus irmãos em Cristo me assustei em ler que "todo conteúdo da Bíblia não é palavra de Deus, mas contém a palavra de Deus" e o restante vem de quem? que absurdo, olhem bem o que esta sendo dito para defender posições, status, lugar. Em 2 Tm 3:16 nos afirma que "Toda escritura é inspirada por Deus....". Não nos deixemos enganar, usar a palavra pra defender opiniões, cargos, posição. Olhe bem e sedam ao que o espirito diz a igreja, não a grande massa que infelizmente tem deixado esse mecanismo de quantidade afirmando e não base bíblica dirigindo.






José Normando Gonçalves Meira
Lamentável o conceito que a "pastora" Oriana tem das Escrituras. Enquanto a Bíblia afirma que "Toda a escritura é inpirada por Deus e últil..." (2 Timóteo 3.16). Ela mantem esse conceito mais ou menos barthiano de que a Bíblia apenas "contém" a Palavra. Essa percepção anula toda a Bíblia. Nesse raciocínio, como identificar o que é Palavra de Deus na Bíblia? Como faremos essa seleção? Segundo os nossos preconceitos e gostos pessoais? Quem seria autoridade para fazer tal separação? Esse pressuposto é realmente lamentável e explica tantos desvios que tem ocorrido no seio das igrejas. A própria apostasia como ocorreu na idade média. Curioso é que estamos às vésperas de comemorarmos mais um aniversário da Reforma Protestante do Século XVI, cujo enfoque maior e fundamental foi o "Sola Scriptura" (Só a Escritura").






Marcos André Marques
Lamentável! Os princípios bíblicos deixaram de nortear o posicionamento de alguns pastores, igrejas e convenções, que preferem admitir a prática do presente século.






GESSÉ ANTONIO
1tm 3 1-13 O bispo deve ser um homem que ninguém possa culpar de nada. Deve ter somente uma esposa, ser moderado, prudente e simples. Deve estar disposto a hospedar pessoas na sua casa e ter capacidade para ensinar. Deve ser um bom chefe da sua própria família e saber educar os seus filhos de maneira que eles lhe obedeçam com todo o respeito.


Deve ser um bom chefe da sua própria família e saber educar os seus filhos de maneira que eles lhe obedeçam com todo o respeito.


Pois, se alguém não sabe governar a sua própria família, como poderá cuidar da Igreja de Deus?

É preciso que o bispo seja respeitado pelos de fora da Igreja, para que não fique desmoralizado e não caia na armadilha do Diabo.

Do mesmo modo, os diáconos devem ser homens de palavra e sérios. Não devem beber muito vinho, nem ser gananciosos.

Primeiro devem ser provados e depois, se forem aprovados, que sirvam a Igreja.

A esposa do diácono também deve ser respeitável e não deve ser faladeira. Ela precisa ser moderada e fiel em tudo.






Timaretha
Dr. Yossef, quem deve estar se remexendo no túmulo com essas suas palavras são Débora, Priscila, Ana (profetisa), dentre outras tantas missionárias que deram a sua vida em favor do Evangelho.
Por isso que a igreja brasileira está do jeito que está: se baseia mais em preceitos de homem do que na BÍBLIA.
Só queria saber qual o grande problema em se ordenar mulheres, já que as tais já trabalham incansavelmente na obra do Senhor, até mais que muitos obreiros que só sabem exigir posição e poder.





Assuero
Faz tempo que o que a Bíblia diz está deixando de ser importante pra muita gente. A Ordenação de mulheres pode ser politicamente correta, no entanto é biblicamente insustentável. Com certeza a Assembléia de Deus vai ceder a essas "evoluções" porque em muitos outros aspectos já se abriu para o mundo. Concluo dizendo que a ordenação de mulheres fere a ortodoxia neotestamentária sobre o tema e desafio a qualquer conhecedor das escrituras a desenvolver uma forma sensata de respaldar tal medida infundada e arriscada.






Moisés
PERA-AI ONDE FOI QUE JESUS CHAMOU PARA SEU MINISTÉRIO MULHERES? PELO QUE CONSTA FORAM DOZE OS DISCÍPULOS, E AS MULHERES ARRECADAVAM FUNDO PARA O SUSTENTO DO MINISTÉRIOS. ACONTECE QUE NO BRAS NA IGREJA .... NO MINISTÉRIO... ELES QUEREM É APARECER QUEREM QUE SUAS ESPOSAS SEJAM O QUE NÃO SÃO PORQUE NÃO SEGUEM A SEGUINTE ORDENAÇA COPERADORA,DIACONISA, PRESBÍTERA//NÃO ELA SAI DO BANCO E VIRA PASTORA. ANTES DESSA PAPAGAIADA TODA SEJA ADORADORA SERVA ,POIS TITULO NÃO LEVA NINGUÉM PARA O CEÚ. FUIIIIIIIII






Cícero Alvernaz
A não ordenação de pastoras ou "bispas" não é uma questão de machismo: é, sobretudo, por falta de respaldo bíblico. Por outro lado, a ordenação é a força do feminismo atuando dentro da Igreja. Ninguém impede a mulher de trabalhar e ocupar o seu espaço na igreja. Desde Frida Vingren e Zélia Macalão (ou muito antes) as mulheres são trabalhadoras incansáveis e valiosas na igreja. Daí a consagrar, ungir e reconhecer vai uma distância muito grande. A propósito, alguma mulher foi consagrada na igreja primitiva? No entanto, a Bíblia fala de várias cooperadoras na obra. Citando Paulo: "a mulher deve ficar calada na Igreja". Quem lê, entenda!





João Duarte
Ser ou não ser Pastor?
Uma questão de titulos. Titulos não estram no Céu, o que estra no céu e o espírito renovado pelo sangue de Jesus. Devemos pensar muito nisto! A obra de Deus não precisa de titulos e ou nomes, pois o único nome que faz as obras é o de Jesus.
Ter Pastora e ou ter Pastor, para que serve este titulo, senão para destacar entre ovelhas, servos, etc.
O importante não são os titulos, mas as obras feita com temor no nome de Jesus.
Pensamos bem!
Deus nos abençoes em Cristo Jesus.






Pr Freitas
O N D E  V A M O S  P A R A R C O M  T A N T A  H E R E S I A ? SOCORRO DEUS!!!






brumadense
Temos que seguir a Bíblia. A mulher como pastora fere os princípios da família, pois o homem é o líder da família e a mulher sendo pastora estará ferindo esse princípio, pois muitas vezes é preciso viajar pra outras cidades e até morar fora e como fica o esposo e os filhos? E se o marido não permitir que a esposa seja ou continue pastora? Deus honra a autoridade do marido e não da esposa. E sem falar caso fosse pastora e não viajasse o ministério seria muito limitado, não permitindo viajar e nem mudar pra outra cidade. Mas aí tem o caso, de a mulher se pastora se for somente solteira, mas daí seria um tanto complexo, pois não sei se Deus se agradaria de tal atitude, de deixar o sonho de ser mãe e ter familia, essas coisas.
A obra de Deus tem que ser feita como Deus quer e conforme a recomendação dos apóstolos, pois a cidade Santa, a Nova Jerusalém está posta sobre doze pedras preciosas, com o nome dos doze apóstolos.






Ligia
Concordo com a mulher ser pastora, se for esposa de pastor e realmente ter esse chamado. Mas não para presidir uma congreção, mas como adjuvante.






Marcelo
Seguir o ensinamento bíblico agora é desculpa?
Jesus é machista? Pois ele só ordenou homens para o apostolado?
Qual é o amparo bíblico para a ordenação de mulheres?
Como fica o cabeça do lar se a sua esposa for a sua pastora?
Meu Deus, ora vem Senhor Jesus, o liberalismo tá tomando conta e a Palavra de Deus é o q menos importa para alguns líderes.






Romulo Silva
Semana passada eu estava numa conferência sobre ética cristão e foi levantado pela platéia esse tema. O irmão perguntou aos preletores: "Se Deus dá o dom, deve ser guardado na gaveta?" Me pergunto: Pra quê título?! Por que não o título se homens (genero) pode ter? Machismo puro. Antibíblico. Ficam se preocupando em ter ou não o título, quando a unção que capacita (I Jo. 2) está sobre todos.






Marcos gonzaga
a mulher pode ser missionaria, evangelista, lider de grupos, não existe machismo na Igeja, não há respaldo bioblico para a mulher ser pastora, épassar dos limites, dois mil anos de história da Igreja e não houve necessidade disso, é claro que a mulher está ocupando lugar maior na sociedade ocidental e a igreja que acompanhar a evolução,más estamos passando dos limites.há bastante espaço para a mulher em uma igreja democratica, inclusive liderança sem ser pastora ordenada.






Dr. Gesiel Oliveira
Preliminarmente esclarecer que se formos buscar respaldo bíblico para todas as decisões administrativas da Assembleia de Deus, teríamos que proibir as mulheres de falar na igreja, de mostrar o seu rosto em público, passar a aplicar a regra do talião, lá de deuteronomio, "olho por olho e dente por dente", enfim poderia elencar aqui inúmeras regras consuetudinárias dos tempos bíblicos e que por uma adequação lógica e temporal não mais podemos aplicar atualmente. Os Pastores mais antigos ainda não entenderam que isso esta norma de não consagração de mulheres ao pastorado não tem fulcro na bíblia porque o contexto histórico era outro. Hoje somos dirigidos por uma presidenta, temos ministras,advogadas,médicas,engenheiras,em todas as áreas da vidas e só na igreja elas são impedidas?A realidade é que muitas delas vem desempenhando um papel sui generis nos mais distantes rincões e recônditos lugares deste país, desempenhando o papel de pastoras de fato, mas não reconhecidas de direito. Passamos por um momento em que se fala em igualdade, respeito,valorização das mulheres em quase todas as nações, por que esses preceitos constitucionais são válidos e aplicados em todos os Estados menos dentro da Assembléia de Deus. A realidade é que esta diretoria atual "se engasga com mosquito e engole camelo". Impedir o acesso de mulheres por questões meramente baseada em costumes não se justifica no hodierno cenário brasileiro da igreja. A Assembleia de Deus deve evoluir e não involuir nos aspectos atinente aos direitos constitucionais, e se aperfeiçoar no seu escopo primordia que é pregar o evangelho, batizar e anunciar a volta de Cristo. Discussões como estas, sem lastro,desconexas, esdrúxulas, com ditos teólogos xiitas, citando, incluive Pastores que já morreram, referindo-se à ele como se se "contorcessem em seus túmulos" é um acinte à grandiosidade das mulheres, um atestado de desrespeito público pelo desrespeito à elas. Acredito que só o tempo poderá mostrar como esta decisão de aceitar mulheres no pastorado foi acertada.

Pastor Gesiel Oliveira é Pastor Vice-presidente da Assembléia de Deus Zona Norte de Macapá (82 congregações), Bacharel em Direito, Geógrafo, Teólogo e Prof de Direito Penal e Processo Penal em Faculdades e Oficial de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá.






Pastor Eurides Júnior
Fico estarrecido diante de alguns comentários contrário á consagração de mulheres ao pastorado. Alguns até dizendo que estão jogando lama na Bíblia, Meu Deus, gostaria que esses criteriosos e defensores da não consagração de mulheres, falassem da falta de critério bíblico na consagração de tantos homens indignos e imorais,que estes sim enlameiam, maculam a imagem não só a imagem da igreja, como o nome do Senhor da Igreja.






Carlos Chamizo Filho 
Portanto, a chamada ministerial não se distingue por sexo, e sim, pela aptidão dada por Deus à pessoa para determinado fim. Muitos são consagrados pastores, mas não tem a aptidão dada por Deus para cuidar das ovelhas do Senhor, e as dispersam! Muitos acham que por terem feito um "curso teológico" e saberem muito a Palavra estão aptos para serem pastores, mas estão terrivelmente enganados; e por isso vemos tantas coisas erradas acontecendo em ministérios hoje, e pessoas se desviando do congregar, pela insensatez de certos indivíduos que estão a frente de igrejas, se intitulando "pastores", sem no entanto, fazerem o trabalho devido e se comportarem de maneira digna (digo isso tanto com relação aos homens como com relação às mulheres).


PR.Chamizo.
adbelémemsantos





Carlos Chamizo Filho 
Portanto, a chamada ministerial não se distingue por sexo, e sim, pela aptidão dada por Deus à pessoa para determinado fim. Muitos são consagrados pastores, mas não tem a aptidão dada por Deus para cuidar das ovelhas do Senhor, e as dispersam! Muitos acham que por terem feito um "curso teológico" e saberem muito a Palavra estão aptos para serem pastores, mas estão terrivelmente enganados; e por isso vemos tantas coisas erradas acontecendo em ministérios hoje, e pessoas se desviando do congregar, pela insensatez de certos indivíduos que estão a frente de igrejas, se intitulando "pastores", sem no entanto, fazerem o trabalho devido e se comportarem de maneira digna (digo isso tanto com relação aos homens como com relação às mulheres).

PR.Chamizo.
adbelémemsantos






Josué Almeida
A paz do Senhor.
Concordo plenamente com os pastores que não admitem a consagração de pastoras, pois realmente não ha respaldo bíblico para tamanho disparate. devemos entender que nós devemos nos amoldar à Palavra, não ela à nós. No reino de Deus, o homem tem o seu lugar, que é muito distinto do lugar que a mulher também tem. Não queiram, pois comparar a AD brasileira com a AD americana. a AD no Brasil nasceu por meio de uma ordem divina a dois missionários, enquanto que a americana, nasceu por conta do racismo exacerbado dos crentes brancos que não gostaram quando foram chamados de irmãos dos negros da rua Azuza pelos jornais da época. E quem sabe ler, sabe muito bem que "uns" é diferente de "umas" "alguns" é diferente de "algumas" e Deus designou UNS para... e OUTROS para...
E não vemos Jesus Cristo escolher e nem formar APÓSTOLAS. Abaixem o faxo e fiquem no vosso lugar mulherada, que é ao lado do homem, não acima dele.






Pr. Roerto Pires de Oliveira
Estranho a dificuldade da ordenação de pastoras. Em plena era da Graça onde Jesus compra com seu sangue todo o pecado humano, rasga o veu, derruba sumo-sacrdotes machistas e assume o controle de sua noiva a amada igreja. Deus levanta obreiros ou obreiras onde desejar.O Espirito Santo distribui dons a quem quiser e na hora que desejar. Conheço pastoras ungidas por Deus de forma poderosa e cito aqui a Pastora Ana Cláudia Carvalho que tem sido a luz do mundo ao lado de muitos pastores. Amado, vamos fazer a tradicional pergunta sobre o caso citado: O que faria Jesus no caso de ordenação feminina? Acham que ele recusaria as pastoras ou diria: pega a tua cruz e me segue. Vocês respondem. A paz e a Graça. Pr.Roberto Pires de Oliveira, Igreja Batista Vida Nova em Camocim - Ceará.






Pr. Roerto Pires de Oliveira
Estranho a dificuldade da ordenação de pastoras. Em plena era da Graça onde Jesus compra com seu sangue todo o pecado humano, rasga o veu, derruba sumo-sacrdotes machistas e assume o controle de sua noiva a amada igreja. Deus levanta obreiros ou obreiras onde desejar.O Espirito Santo distribui dons a quem quiser e na hora que desejar. Conheço pastoras ungidas por Deus de forma poderosa e cito aqui a Pastora Ana Cláudia Carvalho que tem sido a luz do mundo ao lado de muitos pastores. Amado, vamos fazer a tradicional pergunta sobre o caso citado: O que faria Jesus no caso de ordenação feminina? Acham que ele recusaria as pastoras ou diria: pega a tua cruz e me segue. Vocês respondem. A paz e a Graça. Pr.Roberto Pires de Oliveira, Igreja Batista Vida Nova em Camocim - Ceará.







Marcelo José Seião da Silva
Irmão Marcelo Silva
Queridos graça e paz,

Infelizmente, é com tristeza e pesar que vejo a incapacidade teológica e, principalmente, interpretativa de certos irmãos e pastores. A regra de ouro da interpretação de qualquer texto, quer seja ele bíblico ou não, é simples: o significado de um texto está diretamente ligado ao seu contexto e às relações que as palavras estabelecem umas com as outras.

O querido pastor Paulo Cortez confundiu, creio que inconscientemente, no afã de argumentar a favor da ordenação de mulheres, o significado de alguns textos usados para defender a ordenação feminina.

Primeiramente, os textos de Gênesis 29.9 e Êxodo 2.16, que falam de Raquel, mulher de Jacó, e Zípora, mulher de Moisés, trabalhando como pastoras, não dão base para o pastoreio feminino de Igrejas. Elas pastoreavam animais e não pessoas. Isso sem mencionar o fato de Raquel ter sido matriarca – ser mãe não significa ser pastora! Essa é a função que o homem não desempenha: gerar filhos!

Além disso, você usou o texto de Cantares de Salomão (1.8). Note que ela é chamada a apascentar os cabritos e não pessoas. Lembre-se de que, no contexto do Antigo Testamento, pastoreio de animais não tinha conotação ou atribuição espiritual.

Em segundo lugar, o meu irmão usou Ester 2. 17 para embasar o ministério feminino. Veja que esse texto fala de uma Rainha e não de uma pastora. Ou melhor, pastora é diferente de Rainha, e a Igreja não é uma monarquia. Simples!

Em terceiro lugar, o amado pastor usou o texto de Lucas 2.36-38, que fala de Ana, uma profetiza, e não de uma pastora. Em Atos 21.9, vemos quatro donzelas que eram profetizas e Lucas não as chamou de pastoras. Pelo contrário essa menção no Novo Testamento só confirma a promessa cumprida em Atos 2. 17 – “Vossos filhos e vossas filhas profetizarão”.

Em quarto lugar, o irmão citou Lucas 8.1-3. Veja que Lucas apenas menciona que elas eram mulheres que foram curadas de enfermidades e ajudavam financeiramente o ministério terreno do Senhor. O que não significa ministério pastoral. Lucas apenas descreveu como o ministério do Senhor Jesus se mantinha financeiramente.

Em último lugar, o pastor usou Romanos 16.7: “Saudai Andrônico e Júnias, meus parentes e companheiros de prisão, os quais são notáveis entre os apóstolos e estavam em Cristo antes de mim”. Lembra-se da regra de interpretação? Quem são os apóstolos antes de Paulo? É citado algum casal na lista dos Apóstolos? A resposta é muito simples: NÃO!! Provavelmente, eles eram pessoas que colaboraram muito para expansão do reino de Deus, ajudando os Apóstolos. Eles estavam entre eles, o que não significa ser um deles. Ajudar um apóstolo não torna ninguém um apóstolo.

Ademais, o termo apóstolo também era usado para se referir a outras pessoas além dos Doze e Paulo; isto é, significando simplesmente “enviado ou mensageiro”, como por exemplo: Barnabé (1 Co 9.5-6); dois irmãos, cujos nomes não são citados (2Co 8.23); Tiago (Gl 1.19), Epafrodito (Fl 2.25); Silas e Timóteo (1 Ts 2.6-7). Leia estes textos na Língua Grega e você verá o termo apóstolo.

Assim concluo que o meu amado irmão está plenamente equivocado em suas bases argumentativas. Asseguro que a Bíblia não é machista; ela apenas separa as funções. Tanto homem quanto mulher receberam a dádiva do Espírito Santo (At 2. 17-18), mas eles exercem papéis diferentes na comunidade cristã. Mulheres oram, profetizam e em alguns contextos ensinam (At.18.24-28). Em outro contexto, porém, elas terão que ser caladas; ou seja, quando ensinam inverdades e heresias: “Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos”. (Ap 2.20).

Contudo, em nenhum lugar, elas são chamadas claramente de pastoras no sentido eclesiológico.

Deus nos abençoe!






Sergio Mamede
E incrivel como as pessoas confundem as coisas. Não esta em discussão se homens e mulheres são iguais diante de Deus, mas se existe orientação bíblica para ordenação de mulheres ao pastorado (ou episcopado ou presbiterato), A (pastora) Oriana Barros mostra claramente o nível de entendimento que as pessoas tem, ela nem mesmo crê que a Bíblia é a infalível palavra de Deus, mas que apenas contém uma palavra de Deus que deve ser entendida conforme os costumes humanos, em suma não é o homem que deve ser moldado pela Bíblia, e sim a Bíblia ser adaptada conforme a vontade do homem, me desculpe Oriana, mas você precisa nascer de novo.





Gilson Junior
A CGADB é um sistema ultrapassado, orgulhoso e ditador, certo fez o Pr. Silas em sair de lá. Não se pode usar conservadorismo para as decisões da Igreja, mas, sim a ética e principalmente respaldo a Luz da Biblia.
É muito facil vetar as Mulheres de ter acesso ao episcopado, mas deve-se levar em conta a necessidade atual de "Pessoas" preparadas para administrar a Casa de Deus.
Hoje temos uma grande carencia de Obreiros capacitados, com talento para o Reino de Deus.
Aí fica uma pergunta: Porque não aproveitar o talento feminino para suprir uma real necessidade, que é de "Homens Capazes" para Presidir o Ministério do Senhor?
Acredito que isso deve ser levado em conta, ao invez de uma postura 'machista'.





Davidson da Costa Ramos
A Assembléia deveria se preocupar com coisas mais importantes, como por exemplo como um caso que é vergonha para a Assembléia, deveria reesolover a situação do então pr domingos ferreira um estelionatário que mantinha a FATEBOM enganando a muitos no Brasil. Eu pessoalmente comuniquei a CGADB que nada fez. São coniventes com o problema. Dizem que ele morreu e ainda fizeram uma homenagem pra ele depois de tudo o que fez. Isso deveria vir às público para que alguém fizesse alguma coisa.





Davidson da Costa Ramos
A Assembléia deveria se preocupar com coisas mais importantes, como por exemplo como um caso que é vergonha para a Assembléia, deveria reesolover a situação do então pr domingos ferreira um estelionatário que mantinha a FATEBOM enganando a muitos no Brasil. Eu pessoalmente comuniquei a CGADB que nada fez. São coniventes com o problema. Dizem que ele morreu e ainda fizeram uma homenagem pra ele depois de tudo o que fez. Isso deveria vir às público para que alguém fizesse alguma coisa.





Davidson
coisas mais importantes, como por exemplo como um caso que é vergonha para a Assembléia, deveria reesolover a situação do então pr domingos ferreira um estelionatário que mantinha a FATEBOM enganando a muitos no Brasil. Eu pessoalmente comuniquei a CGADB que nada fez. São coniventes com o problema. Dizem que ele morreu e ainda fizeram uma homenagem pra ele depois de tudo o que fez. Isso deveria vir às público para que alguém fizesse alguma coisa.






Cesário Silva - MEP/BR
Não tenho outraS palavraS a dizer se não PRECONCEITO E DISCRIMINAÇÃO. Penso que DEUS ficará extremamente feliz quando os "coronéis" da igreja permitir que as mulheres de DEUS cheguem a seus postos de pastoreio. Penso que a igreja seria bem mais amorosa e responsável tendo a MULHER como pastora, com isso não quero subestimar os Homens não! Deus me agracoiu há 28 anos com uma Santa Mulher! quer CGADB queira ou não a Mulher que Deus preparou para mim é uma excelente Pastora minha e de nosso casal de filhos.
Lutemos pela Mulher Pastora!!





pr gilmar britto dos santos
A paz para todos, será que estamos lidando com pessoas que tiveram um encontro verdadeiro com Deus ou estamos criando um meio de abrir portas e encher os bolsos de lojistas de dinheiro de alugueis e deixanso a sã doutrinas para trás. Vigiemos pois a moda pega e já pegou e heresias vão aumentar cada dia mais.....







Cesário Silva - MEP/BR
Não tenho outraS palavraS a dizer se não PRECONCEITO E DISCRIMINAÇÃO. Penso que DEUS ficará extremamente feliz quando os "coronéis" da igreja permitir que as mulheres de DEUS cheguem a seus postos de pastoreio. Penso que a igreja seria bem mais amorosa e responsável tendo a MULHER como pastora, com isso não quero subestimar os Homens não! Deus me agracoiu há 28 anos com uma Santa Mulher! quer CGADB queira ou não a Mulher que Deus preparou para mim é uma excelente Pastora minha e de nosso casal de filhos.
Lutemos pela Mulher Pastora!!

Faço questão de reproduzir (copiei e colei) a opinão de Mayara ( a primeira que opinou): Nossa, é incrivel como pode existir pessoas que se dizem pastor, com uma opinião tão pequena,machista...mesquinha.
Olha não tenho nada a ver com isso,mas fiquei curiosa...pensei q para Deus somos todos iguais homem, mulheres,somos filhos Dele...afinal Deus NÃO faz acepção de pessoas ou pra vcs faz?
E inacreditavel que exista essas picuinhas dentro das igrejas,e pior vem dos proprios lideres.
Isso é lamentavel!

"É verdade Mayara! é lamentável. Fique certa de que o nosso DEUS vai com sua Justiça mostrar a esses pastorzinhos o quanto eles estão agindo preconceituosamente com as Mulheres de Deus!

parabéns, Mayara.










E você o que acha?....






 deixe seu comentário e siga este blog...








Um forte abraço Pr. Elcio Brandão















































































































































































Nenhum comentário:

Postar um comentário