3 de mai de 2011

Em meio aos grandes desafios da Igreja evangélica brasileira do século XXI, olhamos para o autor e consumador da nossa fé.

O Apóstolo Paulo escrevendo aos felipenses, deixou claro no capítulo 1.9-25 desta epístola, as motivações de alguns pregadores daquela geração e trazendo para o dias atuais, são modelos pelos quais vemos nestes últimos dias, escândalos, porfia e contenda entre irmãos.Observe o que Paulo escreveu:
E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;
Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho;
De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares;
E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor.
Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;
Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.
Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.
Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.
Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,
Segundo a minha intensa expectação e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte.
Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.
Mas, se o viver na carne me der fruto da minha obra, não sei então o que deva escolher.
Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor.
Mas julgo mais necessário, por amor de vós, ficar na carne.
E, tendo esta confiança, sei que ficarei, e permanecerei com todos vós para proveito vosso e gozo da fé,
Pois bem, queridos (as)irmãos (ãs) diante destas palavras do irmão Apóstolo Paulo, aprendemos que o que esta acontecendo nos dias atuais, aconteceu no passado. O sábio Salomão escreveu: O que foi, isso é o que há de ser; e o que se fez, isso se fará; de modo que nada há de novo debaixo do sol. Eclesiastes 1:9. Consolai-vos com estas palavras, permaneçam firmes em Cristo, olhando para Ele, autor e consumador da nossa fé, pois ele deu a sua própia vida por nós.E nenhum outro nome há pelo qual somos salvos, a não ser por ele que é o caminho, a verdade e a vida. Um forte abraço á todos. Pr. Elcio Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário