16 de mar de 2011

Igrejas evangélicas são atingidas pelo terremoto no Japão .



Muitas igrejas evangélicas brasileiras vão para o Japão em missão e lá formam bases de evangelização, mas assim como o povo, elas também foram atingidas pelo terremoto que gerou tsunamis no país. Pastores da Igreja Universal, Internacional da Graça, Adventista do Sétimo Dia e Renascer contam os momentos de terror e dificuldades que estão passando no Japão.

O terremoto do dia 11 de março foi revisado pelo governo do Japão de 8.9 para 9 na escala Richter. A todo o momento são encontrados corpos em diferentes lugares do país dificultando a contagem oficial. Até o fechamento desta matéria já eram mais de 1.300 mortos oficializados pelas autoridades, não se tem idéia da quantidade de desaparecidos e nem de desabrigados. Após o terremoto principal e as tsunamis, os terremotos secundários de até 7.6 e um perigo de acidente nuclear em uma das usinas são os atuais problemas do Japão. Cerca de 400 brasileiros estão na área de risco nuclear.

Igreja Universal no Japão

A Igreja Universal anunciou que todos os seus pastores e missionários estão bem, mas algumas igrejas foram danificadas devido a intensidade do terremoto. “Quando saí da igreja, vi no rosto das pessoas o desespero. O trânsito estava completamente parado, muros caídos e falta de energia elétrica. Foi quando entrei novamente no templo e comecei a orar”, afirma o Pastor Silvio Iomori na província de Gunma-Ken.

O prédio do templo da igreja em Toquio balançou muito durante o terremoto principal e azulejos acabaram se desprendendo, as tubulações de água e gás também foram danificadas: “Confesso que nunca tinha passado por isso. O prédio todo balançava, os postes, as placas, os carros, parecia que tudo iria desabar. O tremor não cessava. A todo instante se notava que estava acontecendo o terremoto”, relatou o Pastor Ito Nario.

A denominação afirmou que após o incidente, mesmo sem luz, os cultos transcorreram como programado. A Igreja Universal está no Japão desde 1995, hoje já somam mais de 50 missionários e 17 templos espalhados por todo o país.

Igreja Internacional da Graça de Deus no Japão

A Igreja Internacional é outra denominação que está bem inserida no Japão e também não escapou dos estragos dos últimos acontecimentos. As Igrejas nas províncias de Aichi e Gumnar relataram terem sentido o tremor, mas sem grandes perdas. Na Igreja em Gumnar não há luz e houve momentos de grande preocupação, “as casas ao redor até destelharam, parecia que iria cair tudo. Mas o lugar onde eles moram estava tranquilo”, relatou um dos Pastores da denominação.

O Pastor da província de Aichi, Serikako Hiroshi, ainda relatou os momentos mais críticos: “A gente estava aqui no Tabernáculo e tremeu. Eu falei para a minha esposa vamos descer, mas não saímos desesperados porque temos que ter confiança em Deus” e completou: “Quando você tem confiança em Deus, você tem que se sentir seguro, você tem que se sentir em paz. Você não pode deixar que nada te atrapalhe”.

Apesar do susto ele não quer voltar ao Brasil: “As balas do Brasil matariam mais do que os terremotos daqui”.

Igreja Adventista do Sétimo Dia no Japão

A Igreja Adventista vem sendo uma das fontes de notícias da TV Globo sobre como está a população no Japão. Os pastores Flávio Inahara, da província de Aichi-ken, e José Antônio da Silva, responsável pelas comunidades brasileiras em Kikugawa e Hamamatus, são os que estão realizando as comunicações. Fonte: Gospel+

comente, siga faça um blogueiro feliz!!!
faça parte da campanha seguindo unidos!!!
ou melhor me siga e eu te sigo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário