12 de fev de 2011

PASTORES TAMBÉM SE ESTRESSAM, PASTORES TAMBÉM CANSAM,


Bom dia!!! a paz do Senhor!!! Recebi um e-mail de um companheiro e amigo Pr. Francisco Damião, da AD.Suzano e a com a permissão dele, quero compartilhar convosco, leia...

PASTORES TAMBÉM SE ESTRESSAM, PASTORES TAMBÉM CANSAM, PASTORES TAMBÉM CHORAM, PASTORES TAMBÉM SE ESGOTAM FISICAMENTE, PASTORES TAMBÉM FICAM DOENTES, PASTORES TAMBÉM PRECISAM DE CARINHO, PASTORES TAMBÉM PRECISAM DE AMOR, PASTORES TAMBÉM PRECISAM SER COMPREENDIDOS, PASTORES TAMBEM PRECISAM DE AMIGOS, PASTORES NÃO SÃO SUPER HOMENS, PASTORES TAMBÉM SÃO HUMANOS POR ISSO PRECISAM E NECESSITAM DE DE TUDO ISTO.

As lideranças em gerais que tem compromisso serio no exercício de suas funções e tem responsabilidade com o seu chamado, também são vítimas do grande mal do culo 21: O estresse. Não é de se estranhar por que tantos pastores acabam sucumbindo a este problema, tornando-se alvos fáceis de doenças mais graves, como depressão, Diabete,doenças cardíacas síndrome do pânico, dentre outras.

Afinal, lidamos diariamente com determinados tipos de pressões e problemas diversos que não existem em outras profissões. Como líderes espirituais eu somos todos esperam de nos,uma seria integridade, ética, moral, Sinceridade, honestidade,bom testemunho, exemplo de vida,exemplo da nossa família, equilíbrio emocional total, conduta exemplar, dedicação, muita proximidade com os membros da igreja,como todas as famílias da Igreja e Ministério sem se esquecer da sua própria família,e famílias de parentes etc.

Afinal de um líder espiritual todo mundo espera uma palavra de conforto,animo,alegria entres outras mais.Porem todas estas cobranças, às vezes, pesa demais nos ombros dos pastores líderes em gerais, mas nem sempre eles percebem isso ou admitem.

De acordo com a psicóloga Eunice Pedroso de Moraes Assumpção, por sinal muito conhecida entre e no meios empresarial e entre muitos pastores e lideres em gerais ,a qual baseou sua dissertação de mestrado no estresse dos ministros religiosos, o reconhecimento da doença é difícil. “A depressão é considerada como um risco vocacional para os ministros religiosos, devido às altas expectativas que acompanham o ministério religioso.

Contudo prevalece ainda uma boa dose de desinformação sobre o processo dessa doença. A idéia de que cristãos não estão sujeitos à depressão ou que é conseqüência do pecado são conceitos ainda vigentes em algumas comunidades”, escreveu em sua dissertação.

O psicólogo e pastor Cesar Roberto Pinheiro, da Universidade Metodista de São Paulo, também estudou o tema e considerou que existem várias razões que levam um ministro religioso ao desequilíbrio emocional. “A preocupação com a educação dos filhos, ter de se sujeitar ao processo de nomeação pastoral e, por fim, negociar os subsídios pastorais com a administração da igreja são algumas das causas deste tipo de estresse”, afirma. O acúmulo de funções é outro fator que costuma comprometer a saúde.

O segredo para uma vida saudável, tanto no meio pastoral quanto nos relacionamentos interpessoais, é, segundo o Pastor Cesar, o equilíbrio entre as atividades prazerosas e as obrigações. “A fé é também uma aliada poderosa no processo de enfrentamento do estresse”, observa.

Aborrecimentos demais podem afetar o coração: Cientistas americanos encontraram fortes evidências de que o estresse mental pode ser fatal para as pessoas que sofrem de problemas cardíacos. Uma pesquisa feita pela Universidade da Flórida chegou à conclusão de que a taxa de mortes entre cardíacos que sofrem de estresse é três vezes maior do que entre os que não enfrentam esse problema. Embora o estresse seja uma anomalia basicamente mental, ele pode ter graves repercussões para o organismo humano. O estresse comprime os vasos sanguíneos e aumenta a pressão arterial e o ritmo dos batimentos cardíacos. Desse modo, o músculo do coração pode não receber todo o sangue de que precisa – uma condição conhecida como isquemia. Para realizar seu estudo, os cientistas analisaram 196 pacientes que apresentavam mais de50% de estreitamento de pelo menos uma artéria ou haviam sofrido ataques cardíacos.Tudo isto em virtude do cansaço e do estresse do dia a dia de um líder de um homem de negócios, de um administrador de um Pastor dedica a obra do Senhor, de um homem que labuta com muita gente com idéias e maneiras diferentes e com muitos problemas diferentes etc.

MEU NOBRE AMIGO E IRMÃO EM CRISTO SEI QUE É DIFÍCIL, MAS PROCURE SE JÁ NÃO ESTAR FAZENDO PROCURE IMEDIATAMENTE MANTER SEU O EQUILÍBRIO:

• Pratique atividades físicas freqüentemente;
• Tenha uma boa alimentação no horário adequado ;
• Descanse o Maximo que puder;
• Delegue funções e distribua as atividade entre seus liderados;
• Mantenha organizada sua rotina de trabalho,com horários definidos para cada atividade;
• Dentro da sua agenda separe sempre reserva uma folga pastoral para a família;
• Leia a Bíblia: a fé e a crença nas Escrituras,ajudam muito em quadros de estresse.

Finalizo Dizendo!!!!!!!!!!!!!!!

Meus amigos Irmãos e companheiros de batalhas vamos cuidar melhor de nossa saúde,a final de contas com saúde e saudáveis somos sempre lembrados pelo um telefonema, um e-mail. etc.etc.

Porem quando você estar doentes,depressivel, casados, estreado etc.São poucos os amigos e Irmãos que nos ligam que nos envia um e-mail nos trazendo uma palavra amiga, a palavra mais rotineira é esta vamos ora por ele e que Deus o ajude. Sei que isto é tudo mais tenho certeza que quando você estar em um momento difícil precisa também de um apoio de uma palavra amiga de um ombro para chora desabafar etc.

Abraços, Deus nos abençoe.

Do seu Irmão e amigo

Pr. Francisco Damião AD. Suzano

Presidente http://www.admissaosuzano.com.br/

Um comentário:

  1. Queridos taí conselhos e de suma importância para aplicar em nossas vidas, pois como ministros, passamos por tudo isto,e precisamos aplicar tais conselhos. ajudem os seus pastores, sejam uma bênção!!! um forte abraço Pr. Elcio Brandão

    ResponderExcluir