1 de set de 2010


Quadro estórias que podem mudar a sua História

Pr. Elcio Brandão



CACHORRO À VENDA

Um menino pergunta o preço dos filhotes à venda.
- "Entre 30 e 50 dólares", respondeu o dono da loja.
O menino puxou uns trocados do bolso e disse:
- "Eu só tenho 2,37 dólares, mas eu posso ver os filhotes?"
O dono da loja sorriu e chamou "Lady", que veio correndo,
seguida de cinco bolinhas de pelo. Um dos cachorrinhos vinha
mais atrás, mancando de forma visível.
Imediatamente o menino apontou aquele cachorrinho e
perguntou:
- "O que é que há com ele?"
O dono da loja explicou que o veterinário tinha examinado e
descoberto que ele tinha um problema na junta do quadril,
sempre mancaria e andaria devagar.
O menino se animou e disse:
-"Esse é o cachorrinho que eu quero comprar!"
O dono da loja respondeu:
- "Não, ele, eu lhe dou de presente!"
O menino ficou transtornado e, olhando bem na cara do
dono da loja, com o seu dedo apontado, disse:
- "Eu não quero que você o de para mim. Aquele
cachorrinho vale tanto quanto qualquer um dos outros e eu vou
pagar tudo. Na verdade, eu lhe dou 2,37 dólares agora e 50
centavos por mês, até completar o preço total”.
O dono da loja contestou:
- "Você não pode querer realmente comprar este
cachorrinho. Ele nunca vai poder correr, pular e brincar com
você e com os outros cachorrinhos!"
Ai, o menino abaixou e puxou a perna esquerda da calça para
cima, mostrando a sua perna com um aparelho para andar.
Olhou bem para o dono da loja e respondeu:
- "Bom, eu também não corro muito bem e o cachorrinho
vai precisar de alguém que entenda isso."
Muitas vezes desprezamos as pessoas com as quais
convivemos diariamente, simplesmente por causa dos seus
"defeitos", quando na verdade, somos tão iguais ou pior do que
alguém que as compreendam e as amem não pelo que elas
podem fazer, mas pelo que são.
É difícil, mas não impossível.
Que Jesus, que nos amou e nos ama incondicionalmente,
derrame sobre nós hoje e sempre o verdadeiro sentido da palavra
Amor. fonte... Histórias Evangélicas – Vol. 1
I Coríntios 13
1 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine.
2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
3 E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece,
5 não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal;
6 não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;
7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
8 O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
9 porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos;
10 mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.
11 Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
12 Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido.
13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.
Ame incondicionalmente, olhe para as pessoas como Jesus, nos amando dando sua vida em nosso lugar. Pense nisso ...
Que Deus continue abençoando os amados.
Pr. Elcio Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário